28 de dez de 2014

Feliz Olhar Novo!

Escrito e lido por: Eliana Rezende

(escolha a opção abrir com: 
Music Player for Google Drive)

Os fins de ano, como os fins de ciclo, nos obrigam a certas reflexões: e em geral é como olhar no espelho, nem sempre gostamos do que vemos refletido. Mas como sempre, é só uma percepção, sensação.

As vezes os sonhos vão bem mais longe do que nossas reais possibilidades no tempo.
O Tempo precisa de seu tempo e, às vezes, os sonhos possuem mais pressa. É apenas isso, um grande descompasso entre os muitos tempos de que são feitos nossos relógios de existência: há o cronológico, o emocional, o mental, o das expectativas. Duro fazer com que todos os ponteiros se encontrem em um preciso momento.

Por isso, preste atenção aos meus votos que servem para hoje, amanhã...sempre:

Desejo-te que tenhas a Paciência dos relojoeiros suíços e esperes que teus ponteiros simplesmente se encontrem a seu tempo e hora.
Não vou desejar que tenhas tudo; assim teremos garantido que continues a ter em prol do quê sonhar e buscar.

Desejarei que tenhas o Necessário: nem para sobrar para que não haja desperdício e nem falta para que não vivas a penúria.
Desejarei Saúde, pois sem ela todo o teu necessário não bastará e te faltará vigor para sorrir nas alegrias e força para as dificuldades.
Desejarei Paz e Harmonia, pois sem essas, reinos inteiros encontraram sua ruína, civilizações deixaram de existir e inocentes foram dizimados.
Desejarei que conheças a Solitude, que é a capacidade de viver consigo mesmo: já que quando todos se forem e restar você, ainda estarás em boa companhia.
Desejarei que não conheças apenas a Alegria. Viver a Dor é também um modo de aprender a Generosidade, Bondade e a Compaixão, por si e por quem está à tua volta.
Mas, caso a Felicidade venha, que ela habite você para que possas  doá-la a quem precisar.
Desejarei que conheças as interrupções. Elas te dão a possibilidade da inovação, criação e reinvenção. Sem elas, estarás sempre no mesmo lugar e poderás deixar de descobrir que o mundo pode ir bem além do quintal de tuas garantias e seguranças.
Desejo que tenhas Sensibilidade para nunca ficar indiferente às belezas que a vida tem e que estão ao toque do teu olhar, ao alcance do teu olfato e ao arrepio da tua pele.
Coragem para realizar, saber dizer Sim a todos os descuidos do Não.
Bondade para não desviar os olhos quando alguém te pede ajuda e nunca ser indiferente às necessidades do Outro.
Alegria para distribuir um sorriso para cada um que cruzar o teu caminho.
Humildade para que nunca esqueças quem és e de onde vens,
Amor próprio para conseguir enxergar o que tens de bom e simplesmente gostar do que vês.
Fé para te guiar, te sustentar e te manter em pé mesmo quando tudo pareça desmoronar e que o chão sob teus pés tenha faltado.
Tranquilidade para tocar a vida.... e ser tocado por ela.Sinceridade para viver a tua verdade,  gostando de quem és e buscando sempre o teu melhor.
Sonhos para alimentar teus projetos, alargar tua alma e te fazer sorrir.

Amor para te aquecer, tocar, acalentar...para te fazer ver que todos os outros desejos só se completarão quando o encontrar. Se o perdeu não se desespere...se encontrou não o perca! Se não encontrou...espere!

Por fim, te desejarei que encontres o caminho do meio... sem excessos e com o essencial.
Que estejas verdadeiramente pronto para o que de fato a vida te trouxer e que saibas brindar com ela!

Abraços e nos "vemos" no Novo!
Tim-Tim...


__________________
Posts relacionados:
Ruídos do silêncio
E se...
Afinal, quem você pensa que é?
Curta/Acompanhe o Blog através de sua página no Facebook

7 comentários:

  1. Oi Eliana!
    Simplesmente maravilhoso, tocante e profundo seu texto.
    Com olhar novo sem dúvida terá um lindo Ano Novo.
    Mesmo assim desejo que ele seja profícuo nas ideias e realizações.
    Abraços
    Ana Lucia

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Eliana.
    Desejo que teus sonhos te mostrem sempre algo feliz a desejar.
    Um desejo dentre mil-e-tantos desejos, Sherazade.
    Abs

    LionelC
    1521

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto!
    Desejo a todos um Ótimo 2015!

    ResponderExcluir
  4. Lindo e inspiradir texto para o o ano que se vai e o vindouro. Desejar o caminho do meio é um belo.presente para todos nós. Gentileza e simpatia a fazem única entre nós. Neste sentido te desejo um 2015 lindo, único, com a sua forma, com o seu jeito único de ser. Feliz Ano Novo!

    ResponderExcluir
  5. Mensagem confortadora, Eliana. nada como o discurso poético para incutir sonhos na realidade e inspirar uma nova postura -- sábia e generosa. Bom 2015!

    ResponderExcluir
  6. Eliana, como é bom encontrar pessoas que saem verdadeiramente da caixa.
    Obrigada pelos votos.
    Feliz Tudo de Novo!

    ResponderExcluir